top of page
florescer do retiro MEUS-123 (1).jpg

KIRTAN
Candlelight mantra session

Com Catarina Lima e Sofia Mano
15 de Dezembro
19h-21h

Kirtan is for all people. There are no masters of kirtan, no experts, no teachers, no advanced students, no beginners. The practice itself is the teacher, guiding us to ourselves. Kirtan teaches itself by allowing us to enter into a mystery world — a world where all the logic of our minds, all the conditioning and learning are left outside — and we allow ourselves to expand into the mystery.

-Jai Uttal

Kirtan, ou Kirtana, é uma palavra em sânscrito que, na sua origem, significa contar, narrar, enumerar ou descrever mas também chamar, recitar, louvar ou glorificar.

Enquanto prática, insere-se no caminho de Bhakti yoga, o yoga da devoção (o processo de união com o divino - e/ou verdadeiro self - através do amor e da devoção plena). Kirtan é a recitação musical de hinos e mantras (habitualmente em sânscrito - a língua dos deuses), onde está altamente presente a glorificação de divindades da tradição do yoga (mas não só). Aqui não nos referimos meramente a algo exterior e afastado do nosso ser, na sua essência. Pelo contrário, ao entoarmos cada som, mantra ou hino, conectamos e recordamos histórias que estão vivas em todos e cada um de nós.

“It's like an older, deeper, bigger being. It's a space, a presence, a feeling. These names are the names of that place inside of us that is love, pure being, pure awareness, pure joy. Kirtan—and other forms of mantra practice, such as seated meditation—help us uncover that place inside of us, our true nature.”

- Krishna Das

 

A prática de Kirtan, quando feita com intenção, tem o imenso poder de acalmar a mente e o coração, e de reanimar uma imensa sensação de paz.

O nosso círculo de Kirtan será um misto entre call and response (chamada e resposta, onde o mantra é cantado e repetido pelos participantes) e cânticos em conjunto quando o mantra é integrado. Isto faz com que todos possam acompanhar a prática mesmo que não conheçam os mantras (que serão facilitados em papel a todos os participantes).

Um círculo de Kirtan não é um concerto, é um momento de união, contemplação, e entrega onde, recorrendo ao cântico, entoação e repetição de mantras sagrados mergulhamos, em conjunto, numa profunda viagem interna. Um mesmo mantra pode durar entre 3 a 30 minutos (ou mais!!) tornando-se um processo altamente meditativo.  Não precisas de saber cantar. Não precisas, muito menos, de ter uma voz surpreendente para vires a este círculo. Fechas os olhos, e deixas-te guiar pelos sons e melodia do momento. Sentes o que há para sentir, sem expectativas, mas com intenção, e deixas que o coração se torne a maior presença.

  • Tenho de seguir a ordem do ciclo? A ordem das aulas? Devo apenas fazer a aula da menstruação quando estou a menstruar por exemplo?
    NÃO!!! As práticas são apenas inspiradas em cada uma destas fases. Sugiro que sigas as intenções por trás de cada uma delas e as pratiques quando a tua intenção do dia ou do momento se aproxime da intenção que trago para cada uma destas práticas: Menstruação (lua nova): Recomeçar. É o momento de recolher e conectar com o que realmente importa. Energia de recolhimento, conforto e introspecção. Pré-ovulação (quarto crescente): Nutrir, crescer, é o início do florescer. Fase de transição, de yin - para yang, da sombra para a luz. É um momento em devemos realmente procurar relaxar pois os nossos níveis de stress irão influenciar a duração desta fase. Esta prática serve precisamente para isso: relaxar, de forma consciente e profundamente conectada com a sabedoria do corpo. Ovulação (lua cheia): Entregamo-nos e honramos o nosso potencial. Energia na mãe (mãe de projectos, mãe de ideias, mãe de vidas!! Todas somos mães!). Sensualidade, energia, dinamismo e flexibilidade, expansão e comunicação. Aqui trabalhamos sobretudo os chakras cardíaco e da garganta. Pré-menstruação (lua minguante): Depois da expressão e da concretização voltamos a sentir uma energia de recolhimento. É uma fase de transição, agora de yang para yin, existe uma sensibilidade psíquica e emocional acentuada, a qual devemos honrar e respeitar. Nesta prática conectamos com o lado feminino e o lado sombra e rendemo-nos profundamente às necessidades do corpo.
  • Quantas vezes devo fazer a prática de yoga nidra?
    A minha sugestão? Duas vezes por semana. Yoga nidra, ou sono profundo, é uma prática ancestral que nos leva ao momento entre o estado a dormir e acordado (aquilo a que chamamos de limbo), estado de profunda conexão espiritual e reconhecimento do Self. É uma prática de relaxamento profundo. Falamos de um relaxamento físico, emocional, mental, espiritual… Alguns estudos sugerem que 30 minutos de yoga nidra equivalem a 2 horas de sono profundo
  • É necessário algum programa ou tecnologia especial para ter acesso às aulas?
    Todos os conteúdos estarão online na tua área de membro. Precisas apenas de internet e um browser que esteja atualizado e já está! O teu login estará disponível para acesso em dois dispositivos diferentes.
  • Depois de subscrever, quanto tempo tenho de acesso às práticas?"
    O teu acesso a este conjunto de aulas é ilimitado! Depois da tua compra podes aceder ao conjunto de aulas “O meu lado lunar”, para sempre e sempre que quiseres!!
  • Como posso aceder ao conteúdo?
    Depois de fazeres a tua compra, irás receber um email automático de confirmação e para acederes ao conteúdo basta ires até à tua área de membro aqui no site, seja no computador ou no telemóvel.
  • As vagas são limitadas?
    Não.
  • Como posso fazer o pagamento?
    Os pagamentos podem ser feitos via cartão de crédito ou débito, caso o teu cartão permita que efetues pagamentos online. Basta veres se na parte de trás tens 3 dígitos. Podes também criar um cartão virtual MB Net através da app MB Way ou então no homebanking/mobile banking caso o teu banco tenha essa opção disponível. Esta opção de criares um cartão MB NET pelo MB Way é bastante simples, podes ver como fazer neste link: https://www.mbway.pt/perguntas/mb-net-mb-way/como-posso-criar-um-cartao-mb-net-no-mb-way
Nenhum plano disponívelQuando houverem planos disponíveis para compra, eles aparecerão aqui.
Contribuição
NAMHOHOUSEOFYOGA-98.jpg

Depois de 10 anos a gerir o seu negócio, Catarina Lima mudou de rumo para procurar a verdadeira felicidade. Embora praticasse Yoga desde 2012, foi em 2016 que começou uma enorme transformação espiritual e emocional para Catarina, e foi aí que se apaixonou verdadeiramente pela prática. O Yoga tornou-se uma forma de auto-descoberta e orientação para a vida.

 

Em 2021, Catarina completou a sua primeira formação para professores de 200 horas com a Manu School of Yoga, quando percebeu que queria retribuir e partilhar com os outros o que tinha sido para ela a mais incrível e profunda jornada pessoal. Começou a dar aulas e ao mesmo tempo iniciou o seu novo projeto - Namho, House of Yoga - um estúdio de yoga no Estoril que é a personificação deste longo percurso. Um lugar que está pronto para receber qualquer pessoa como ela, que queira seguir este caminho de verdade e amor.

 

Continuou os estudos dentro da escola, tendo completado pela segunda vez a formação de 200 horas em 2022 bem como o processo de certificação do método Precision & Flow criado pelo fundador da escola, Manel Rodriges. Catarina acredita que há sempre espaço para aprender neste seucaminho de consciência e crescimento espiritual e por isso admite que os estudos andarão para sempre lado a lado com o seu percurso.

florescer da Holistica (148 of 174).jpg

A Sofia é professora de yoga experiente registada pela Yoga Alliance (E-RYT 500), e está atualmente a aprofundar os seus estudos em Precision & Flow Yoga, sob a mentoria de Manuel Rodrigues.

 

Dá aulas de yoga, ensina e aprende. A sua formação em psicologia clínica traz inevitavelmente uma componente psicoterapêutica para todo o trabalho que desenvolve. O seu maior desejo é, através do yoga, proporcionar um espaço contentor e seguro onde cada um possa mergulhar numa jornada sincera de autoexploração e autoconhecimento.

Inscrições
bottom of page